Você Não Sabe O Que É “Gratidão”

Uma das palavras-chaves que mais se lê em textos de “gurus e mestres” da Internet é “gratidão”. É a palavra da moda. E eu sempre tive problemas com “gratidão” por achar que não merecia as coisas que ganhava e, por isso, muitas vezes, acabei parecendo ingrato.

E a vida foi passando e eu nunca entendi muito bem o que significava “gratidão”. E hoje percebo que a maioria das pessoas que compartilham fotos de pôr-do-sol com os braços abertos escrito “gratidão” também não sabem o que isso significa realmente.

Ser grato a algo ou alguém não é dizer “obrigado”, não é sequer retribuir dando outro presente. Vai muito, muito mais além do que isso. É mais profundo. Não ouso dizer que compreendo completamente o que gratidão significa, mas hoje consigo captar algo que me aproxima mais do verdadeiro significado de gratidão e me faz por ela querer lutar. E consegui isso olhando para mim, percebendo a forma como eu espero demonstrações de gratidão, e vendo a forma como eu não sou grato como deveria – especialmente com Deus.

Suponha que você agradeça a Deus todos os dias por ter saúde. É algo bacana. Mas a grande questão é: o que você faz com essa saúde? O que você faz com esse presente e oportunidade que Deus te deu?

Vou mais além. Todo mundo tem alguma capacidade especial. Você pode ser criativo. Pode ser bom em matemática. Pode ter algum dom musical, espírito de liderança, carisma, inteligência, ter qualquer outra coisa que em você seja mais desenvolvido do que na maioria das pessoas. Você pode agradecer a Deus por Ele ter lhe dado essa competência. Mas o que você faz com ela? Você aproveita essa habilidade ou a deixa na gaveta? E se aproveita, você o faz da melhor maneira possível?

Dizer “obrigado” não significa nada. É o mínimo necessário. Colocar fotos na Internet não significa nada. Utilizar da melhor maneira possível aquilo que lhe foi concedido e ficar feliz com o presente é como se agradece.

Mas mais do que isso: é também entender que tudo que lhe é dado teve um custo, uma dedicação, um carinho envolvido. Mesmo se foi lhe dado de má vontade, a gratidão deve existir, pelo sentimento de compaixão perante aquele irmão que fez um esforço indo contra suas próprias vontades para lhe dar algo.

Portanto gratidão é mais do que um sentimento, é uma forma de agir.

Você é grato por ter água limpa em casa? Não a desperdice e a utilize com sabedoria. Você é grato por ser inteligente? Utilize sua inteligência para o bem e ao máximo que puder. Você é grato por ter um emprego? Dedique-se a ele o máximo que puder e lembre-se de todo mundo que possibilitou que você chegasse até ele e mantenha o respeito e amor por essas pessoas. As pessoas que pagaram sua faculdade, seus professores, seus colegas, seus chefes, o motorista do ônibus que te levou para casa e a Deus.

Postar textão no Facebook é fácil. Assimilar isso tudo de forma que se torna parte de quem você é, é realmente muito difícil. Mas se somos realmente gratos, pela própria gratidão iremos nos esforçar para libertá-la da incompreensão e trazê-la para nossa vida.

O Universo Em Um Prato

Certo dia fui ao meu restaurante favorito e após me servir e sentar para almoçar, parei para refletir sobre quão afortunado eu era por aquele momento. Poder pagar um buffet livre, no meu restaurante favorito, para comer à vontade. Olhei para o feijão, o arroz, as saladas, as almôndegas de soja, a farofa, as batatas gratinadas, o suco de limão com gengibre e pensei que poderia comer tudo aquilo e depois, se quisesse, voltar a me servir e comer mais. Poderia, literalmente, comer até não aguentar mais de tanto comer. Poderia me servir de sobremesa ou experimentar todos os diferentes apetitosos pratos do restaurante.

Então, percebi o quão abençoado eu era. Agradeci a Deus pela oportunidade que foi me dada de poder trabalhar e me dirigir até aquele restaurante. Agradeci por saber que poderia almoçar em paz, sem o risco de uma guerra interromper minha refeição. Agradeci por saber que todas pessoas queridas a mim poderiam desfrutar também de uma refeição como aquela. Agradeci por estar saudável e poder comer tudo aquilo. Agradeci a todas as pessoas que me ajudaram a chegar naquele momento.

MonicaDormindo

Dormir em paz é outro momento onde somos abençoados e gratos.

Naquele instante, toda a maldade do mundo, toda maldade do Universo, não estava me atingindo. Eu estava totalmente imune a ela. Eu, meu prato, minha refeição. Era um momento precioso. E vocês, meus leitores, quantos de vocês também não têm momentos tão preciosos quanto esse e acabam não percebendo, assim como eu não percebia antes? Aquele instante em que você está sorrindo para seu filho? Aquele momento em que observa o pôr-do-sol? Ou o banho com água limpa, sabonete, shampoo? Essas pequenas dádivas, onde a maldade do Universo não existe.

Somos afortunados pelo simples fato de podermos ter tido a oportunidade de conquistar um prato de comida. Muitos no mundo simplesmente não têm sequer essa oportunidade. Uma criança no meio de uma guerra; Uma vítima de uma ditadura; Um pai de família desempregado. O que não se passa no coração e mente dessas pessoas?

Aquele que nasceu na miséria e nela morreu, será que um dia sonhou em um mundo onde se come à vontade por alguns Reais? Ela sabe que há um mundo assim? Ou isso é tão distante quanto as estrelas?

Afortunados e gratos. Agradeça a seus pais, tios, avós, amigos ou quem for que te dê comida. Agradeça ao local onde você trabalha por te dar essa possibilidade de trabalhar. Você e eu, meu leitor, temos um Universo em um prato de comida, mas a distância entre nós e aquele que sequer consegue sonhar com nosso mundo, é apenas de alguns Reais de oportunidades.

De Onde Você Veio

De onde você veio? É uma pergunta simples com respostas variadas. Pode-se dizer a cidade, pode-se descrever a família. Mas quero saber além disso. Quero saber o que te transformou nisso que você é hoje. Quero saber a jornada que você percorreu, saber tudo que desceu por esse rio até formar esse ser que hoje me lê.

Todas suas experiências de vida. As vitórias, as derrotas. As decepções, as alegrias. O prazer de cada momento ou a angústia desesperada por um final. Você é complexo. Você é um Universo em transformação cujo exato momento de sua criação, aquele instante em que você acordou e disse “eu existo” não pode ser apontado com exatidão. Então sua grandiosidade já começou a partir do momento que sua consciência passou a existir, assim como sua semelhança com o Universo. O momento do primeiro despertar, onde nem você mesmo sabe dizer quando foi exatamente ou como era antes. O seu big-bang.

Qual sua memória mais antiga? E qual sua primeira memória feliz? E sua primeira memória triste? E todas suas memórias ao longo da vida?

Você navegou muito até chegar até aqui e todo esse rio por onde você desceu é valioso. É único e te trouxe até aqui. Só há você desse jeito. Só você percorreu todo esse trajeto. Só você conhece suas cicatrizes e os vaga-lumes que precisou seguir como a única luz que você tinha.

E você não surgiu a partir do momento que ganhou consciência. Você veio surgindo ao longo de milhares de anos.

cânion

Isso não surgiu do dia pra noite. Isso não surgiu por um ato único.

Não é autoajuda. É uma observação sobre algo que nos une: rios por onde navegamos.

E esses rios não são só nossos. São da história. São daquele sujeito olhando as estrelas 5000 A.C. que escreveu uma ideia que perdurou por milênios; São daquele sujeito peculiar que levou uma maçã na cabeça embaixo da árvore e entendeu tudo; São daquela que se sacrificou pelo que acreditava; São daquele que morreu na cruz; São daquele sentado sobre a lótus; São do anônimo que conduziu bem o ônibus com dezenas de outros anônimos. São de tudo e todos.

Se hoje você me lê, é graças a outros que construíram a história da humanidade e a história de nossas vidas, para podermos nos encontrar nesse momento, nessa época, através desse texto. E esse texto é atemporal. Você pode estar lendo ele décadas depois de eu ter deixado este mundo, se encontrando comigo pelas minhas palavras. Graças aos que me sucederam.

Por isso, deixo aqui minha gratidão eterna a todas as pessoas que ao longo de toda história tentaram contribuir para um mundo melhor fazendo bem o seu trabalho, seja ele qual for. Todas essas pessoas que indiretamente ou diretamente, permitiram que eu estivesse aqui, hoje, nesse momento, descendo por esse rio e tornando-me único.

Que nossos Universos brilhem e nos engrandeçam em nome do passado, para criar um presente forte e um futuro glorioso a todos aqueles que nos sucederem.

20161228_173544

Obrigado!