Por que eu me odeio?

Já fiz muita terapia na minha vida. Todos profissionais que fui me ajudaram muito e sou muito grato a eles pelo serviço prestado.

Porém, minha terapeuta atual chegou a um ponto que eu não imaginei que seria possível chegar. Em uma sessão que eu fui, terminamos com ela fazendo-me a seguinte pergunta: “Por que você se odeia?”. A pergunta é mais interessante ainda pois ela vem logo após um relato meu sobre a sensação que tenho de não merecer coisas boas que acontecem comigo, e chega ao meu cerne. Poucas vezes algo/alguém chega ali. Ela descobriu.

Passei muito tempo refletindo sobre isso e escrevi um texto de apenas 8 páginas justificando o porquê de eu me odiar. E não disse tudo o que eu gostaria de dizer. Faltou dizer o seguinte:

“Não entendo como posso não ser bem aceito em um mundo repleto de completos retardados mentais. Vocês, retardados, julgam-me, criticam-me, ignoram-me e não são capazes de ver o quão ignorantes e imbecis são.”

Claro que não vou publicar o resto do texto aqui. Vocês são burros demais para entendê-lo.