Eu Não Me Importo Com a Sua Opinião

Cogito retirar os comentários de todos os meus “meios de comunicação”, pois é mentira que eu me importo com comentários. Na verdade, eu me importo sim, se forem comentários positivos, que acrescentem alguma informação legal ou alguma pergunta pertinente. Comentários discordando ou a “sua opinião diferente” não me interessam em nada e eu vou apagar, pois o meu espaço não serve para a sua “opinião diferente”. Sim, isso aqui é uma ditadura. Crie o seu próprio espaço, a sua própria ditadura, e divulgue o que pensa lá que se eu me interessar vou lá ver o seu conteúdo.

Sou vadio

Uma coisa que aprendi é que as respostas estão todas em nós. Procurando em mim as respostas para meus dilemas, descobri um dos meus grandes problemas: eu sou vadio. Para caralho.

Não, eu trabalho, sempre trabalhei. Aliás com 15 anos eu já trabalhava, não por necessidade, mas sim para comprar coisas que eu queria. Todas atividades que meus chefes dão com prazo eu as entrego dentro desse prazo e com a melhor qualidade que eu conseguir. Eu gosto também de fazer coisas extras além do trabalho em si, costumo ser bastante proativo quando eu gosto do que faço. Por exemplo, já trabalhei em softwares cujo código base era bem ruim e me dispunha a “refazer” aquele código junto com minhas atividades.

Então eu trabalho. A vadiagem que eu tenho é em outro sentido.

Se meu chefe me dá uma atividade sem prazo e eu não gosto muito dela, aí é uma desgraça completa. Eu acabo me dispersando com muita facilidade e enrolando o máximo que dá. Se ele colocar um prazo, eu faço o melhor e mais rápido possível. Em geral, sem falsa modéstia, o trabalho fica bom.

Mas aí que está a minha vadiagem: eu faço o mais rápido possível porque quero vadiar! Quero terminar antes e deixar um tempo livre para ficar escrevendo, gravando vídeos ou em redes sociais. Ou seja, eu quero ser bom para poder vadiar.

Não sei o que fazer com essa conclusão nem o que ela significa. Caso algum chefe meu leia isso um dia, fique tranquilo que se tiver prazo de entrega, eu vou fazer nem que eu precise virar noites. Sou um vadio responsável.