Você Não Sabe O Que É “Gratidão”

Uma das palavras-chaves que mais se lê em textos de “gurus e mestres” da Internet é “gratidão”. É a palavra da moda. E eu sempre tive problemas com “gratidão” por achar que não merecia as coisas que ganhava e, por isso, muitas vezes, acabei parecendo ingrato.

E a vida foi passando e eu nunca entendi muito bem o que significava “gratidão”. E hoje percebo que a maioria das pessoas que compartilham fotos de pôr-do-sol com os braços abertos escrito “gratidão” também não sabem o que isso significa realmente.

Ser grato a algo ou alguém não é dizer “obrigado”, não é sequer retribuir dando outro presente. Vai muito, muito mais além do que isso. É mais profundo. Não ouso dizer que compreendo completamente o que gratidão significa, mas hoje consigo captar algo que me aproxima mais do verdadeiro significado de gratidão e me faz por ela querer lutar. E consegui isso olhando para mim, percebendo a forma como eu espero demonstrações de gratidão, e vendo a forma como eu não sou grato como deveria – especialmente com Deus.

Suponha que você agradeça a Deus todos os dias por ter saúde. É algo bacana. Mas a grande questão é: o que você faz com essa saúde? O que você faz com esse presente e oportunidade que Deus te deu?

Vou mais além. Todo mundo tem alguma capacidade especial. Você pode ser criativo. Pode ser bom em matemática. Pode ter algum dom musical, espírito de liderança, carisma, inteligência, ter qualquer outra coisa que em você seja mais desenvolvido do que na maioria das pessoas. Você pode agradecer a Deus por Ele ter lhe dado essa competência. Mas o que você faz com ela? Você aproveita essa habilidade ou a deixa na gaveta? E se aproveita, você o faz da melhor maneira possível?

Dizer “obrigado” não significa nada. É o mínimo necessário. Colocar fotos na Internet não significa nada. Utilizar da melhor maneira possível aquilo que lhe foi concedido e ficar feliz com o presente é como se agradece.

Mas mais do que isso: é também entender que tudo que lhe é dado teve um custo, uma dedicação, um carinho envolvido. Mesmo se foi lhe dado de má vontade, a gratidão deve existir, pelo sentimento de compaixão perante aquele irmão que fez um esforço indo contra suas próprias vontades para lhe dar algo.

Portanto gratidão é mais do que um sentimento, é uma forma de agir.

Você é grato por ter água limpa em casa? Não a desperdice e a utilize com sabedoria. Você é grato por ser inteligente? Utilize sua inteligência para o bem e ao máximo que puder. Você é grato por ter um emprego? Dedique-se a ele o máximo que puder e lembre-se de todo mundo que possibilitou que você chegasse até ele e mantenha o respeito e amor por essas pessoas. As pessoas que pagaram sua faculdade, seus professores, seus colegas, seus chefes, o motorista do ônibus que te levou para casa e a Deus.

Postar textão no Facebook é fácil. Assimilar isso tudo de forma que se torna parte de quem você é, é realmente muito difícil. Mas se somos realmente gratos, pela própria gratidão iremos nos esforçar para libertá-la da incompreensão e trazê-la para nossa vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s